A SAQ volta a transmitir em 17,2 KHz, CW!

A Associação de Amigos Alexander – Associação de Amigos e Veteranos da rádio SAQ informou que a estação “Grimeton Radio Station”, conhecida como SAQ, irá para o ar no dia 1 de Maio, participando na actividade “Work it out”, da Rota Europeia do Património Industrial, naquele que é o “Dia da Cultura Industrial“.

Lars Kalland, SM6NM, afirmou que “ integrado no evento, estamos a planear fazer a primeira transmissão da estação SAQ desde 2016.”.

SAQ
Antenas de SAQ

O transmissor começará a sequência de arranque às 0930 UTC, começando a transmissão pelas 1000 UTC, em 17,2 KHz, em CW.

Estará disponível um stream de vídeo em http://alexander.n.se/

O Lars afirmou ainda que nenhum QSL será enviado nem será publicada a lista de reportes recebida, à posteriori.

Contudo, pede-se a quem escutar a emissão que envie um breve reporte via email (info@alexander.n.se).

Por último, afirmou ainda que espera que a transmissão planeada de SAQ decorra como planeado, mas que existe sempre a possibilidade da transmissão ter de ser cancelada à última da hora.

Importa referir que as instalações da antiga estação SAQ estão concessionadas à Associação de Amigos Alexander – Associação de Amigos e Veteranos da rádio SAQ, pelo estado Sueco.

Abaixo – Vídeo de uma transmissão de SAQ em 16/08/2016

 

Vamos todos apoiar os jovens! E ganhar um Diploma…

O GPCW apoia a actividade que vai ser desenvolvida na amanhã, Quarta-feira, dia 28 de Março, no parque tecnológico de Óbidos, que engloba jovens da Escola Secundária Josefa de Óbidos e a construção e manipulação de 20 kits, na frequência de 7,023 MHz (banda dos 40 m).

Apela-se a todos os colegas que, por volta deste horário (à volta do meio-dia) estejam atentos à volta dos 7,023 MHz e respondam às chamadas que serão efectuadas.
Vamos todos contribuir para que os jovens se entusiasmem com o radioamadorismo e com o CW!

O indicativo que será utilizado será o CR5EJO e os contactos serão premiados com um diploma alusivo ao evento.

Prevê-se que, por volta do meio-dia, os jovens estarão no ar, sob a supervisão do também membro do GPCW, João Carlos Morgado, CT1BQH.
Participam ainda na actividade os colegas, CT1BXT, Rodrigo Ferreira e o CT1FFU, António Matias. O CT1DBS, Pedro Carvalho, deu algum apoio administrativo.

Esta é uma actividade que reputamos de meritória pois permite a envolvência dos jovens no radioamadorismo!

Desejamos a todos, executantes e operadores de CW uma excelente actividade.

Vy 73 ES HPE FB!

oMorse no parque

 

Vamos todos apoiar os jovens! E ganhar um Diploma…

O GPCW apoia a actividade que vai ser desenvolvida na próxima Quarta-feira, dia 28 de Março, no parque tecnológico de Óbidos, que engloba jovens da Escola Secundária Josefa de Óbidos e a construção e manipulação de 20 kits, na frequência de 7,023 MHz (banda dos 40 m).

Apela-se a todos os colegas que, por volta deste horário (à volta do meio-dia) estejam atentos à volta dos 7,023 MHz e respondam às chamadas que serão efectuadas.
Vamos todos contribuir para que os jovens se entusiasmem com o radioamadorismo e com o CW!

O indicativo que será utilizado será o CR5EJO e os contactos serão premiados com um diploma alusivo ao evento.

Prevê-se que, por volta do meio-dia, os jovens estarão no ar, sob a supervisão do também membro do GPCW, João Carlos Morgado, CT1BQH.
Participam ainda na actividade os colegas, CT1BXT, Rodrigo Ferreira e o CT1FFU, António Matias. O CT1DBS, Pedro Carvalho, deu algum apoio administrativo.

Esta é uma actividade que reputamos de meritória pois permite a envolvência dos jovens no radioamadorismo!

Desejamos a todos, executantes e operadores de CW uma excelente actividade.

Vy 73 ES HPE FB!

oMorse no parque

 

Parabéns aos novos telegrafistas!

Um OM só se sente telegrafista quando se faz o primeiro QSO em telegrafia auditiva e com as mãos na chave!
E é sempre suado!

Vencido o “medo da chave”, o GPCW congratula publicamente os novos telegrafistas, oriundos dos segundos cursos online – nível 1 – , pelos seus primeiros QSOs com estações nacionais ou estrangeiras.

Estes primeiros QSOs ocorreram nos últimos dias e, por isso, estão de parabéns, os seguintes OMs:

  • Pedro Namora, CT1EKD
  • Manuel Fernando Pereira, CT1BXX
  • David Palma, CT1EKU

Acreditamos que o exemplo destes OMs é mais um incentivo aos restantes colegas que frequentam, com eles, o Curso de CW online do GPCW.
Esperamos, assim, ter oportunidade de, rapidamente, congratular os restantes OMs destes cursos!

O GPCW envia, também, um agradecimento aos Ensinadores, pelo esforço e dedicação ao ensino do CW. São eles:

  • António Gamito, CT1CZT
  • João Lima, CU3AA

Estes cursos são o exemplo que a vontade, aliada aos recursos existentes, podem fazer mover montanhas!

As inscrições para os cursos CW online, nível 1, são aqui: https://gpcw.blog/cursos-de-cw/cw-na-lentidao-nivel-1/

 

108º ano após o início das comunicações radiotelegráficas na Marinha Portuguesa

Refª – Vídeo no final do texto

Comemora-se  a 16 de Fevereiro, o 108º aniversário da ligação radiotelegráfica entre Vale do Zebro* e o Posto Radiotelegráfico do Arsenal da Marinha, que marca o início das comunicações regulares usando “Telegrafia Sem Fios” (T.S.F.) naquele ramo das Forças Armadas.

posto radiotelegrafico casa da Balança 1
Posto Radiotelegráfico da Casa da Balança, em Fevereiro de 2016
Crédito: Fotografia da Marinha Portuguesa​​​ (www.marinha.pt)

Na comunicação apresentada na Academia de Marinha, pelo Membro Efectivo Contra-Almirante Leiria Pinto, em 1 de Junho de 2010, intitulada “AS COMUNICAÇÕES NA MARINHA – Dos primórdios a 1975” pode ler-se:

Foi a 16 de Fevereiro de 1910, a data histórica de que presentemente se comemora o centenário, quando Vale de Zebro é ligado ao Posto Radiotelegráfico do Arsenal da Marinha, recém instalado na Casa da Balança**,  o qual se considera a primeira estação radiotelegráfica portuguesa.

No fim do ano de 1910, além destes dois postos, dispunham de equipamentos radiotelegráficos os seis cruzadores; “S. Gabriel”, “Almirante Reis” (ex. “D. Carlos”), “São Rafael”, “Adamastor”, “Vasco da Gama” e “República” (ex. “Rainha D. Amélia”).

Estavam assentes os alicerces da T.S.F. na Marinha, tornava-se agora necessário estabelecer os vários pólos radiotelegráficos que permitissem uma rede de comunicações alargada e consolidada.

Em 1913, o Posto da Casa da Balança é aberto ao serviço público móvel marítimo, sendo considerado, por esse facto, a primeira estação pública de T.S.F..
Era já a “Marinha de duplo uso”.

* NR – Actualmente é a Escola de Fuzileiros.
** NR – Actuais Edifícios da Administração Central da Marinha, na Av Ribeira das Naus, em Lisboa.

Vídeo – Centenário da Radiotelegrafia na Marinha