Semana Europeia de QRS CW – 29ABR a 03MAI

O EuCW convida todos os radioamadores e radio-escutas a participar na Semana Europeia de QRS (EuCW QRS Activity Week). E o GPCW também!

Esta actividade decorre entre as 00h00 UTC de 29 de Abril e as 23h59 UTC de 3 de Maio e não é um concurso.
Antes pelo contrário, é um convite para baixar a velocidade de transmissão e desfrutar do CW em velocidade baixa durante cinco dias.

As datas foram escolhidas para evitar conflitos com concursos.

O objectivo é dar uma oportunidade aos novos operadores.

O espírito desta actividade é que a participação nela possa ser encarada como um serviço a potenciais novos operadores.
Uma boa causa, portanto!

A ideia desta semana é trabalhar qualquer estação, mesmo que seja só envio do RST mas utilizando apenas QRS.

Mesmo os QSOs que sejam feitos com estações não participantes podem ser incluídos nos logs.

Os que desejarem podem indicar nos seus logs até 3 estações que mereçam especial reconhecimento pelo “mais entendível morse escutado” (Most Readable Morse Heard). Apenas pode ser dado um voto a cada estação.
Se não quiser este “direito” agradece-se que o indique no Log.

A Semana Europeia de QRS (EuCW QRS Activity Week) nasceu em 2001, pela mão do nosso congénere FISTS. Durante uma década organizaram esta semana até que, em 2012, o AGCW passou a ser o clube organizador.

Datas
De 29ABR2019 a 03MAI2019, inclusive.

Regra geral – segunda-feira das 00h00 (UTC) às 23h59 (UTC) da semana após o 4º domingo do mês de Abril.

MODE

CW/A1A (só auditivo)

CLASSES

A – Mais de 10w input ou 5w de saída
B – QRP (menos de 10w input ou 5w de saída)
C – Radio escutas.

Há ainda uma classe invisível de participantes que são os clubes do EuCW (GPCW, por exemplo…).

Cada participante pode dedicar a sua participação ao seu clube: Basta indicar o respectivo clube e o número de membro no log.
Pode anunciar o facto de ser membro de um clube durante o QSO, mas não há obrigação de o fazer. Aliás, não é recomendável provocar confusão nos mais novos na prática de CW com o envio de acrónimos de clubes e números com 4 ou mais dígitos…

Chamada

Não há obrigação de o fazer especialmente, mas utilizar “CQ QRS” pode ser útil para ser detectado como participante na actividade.

Os mais experientes devem fazer CQ repetidas vezes porque os novos chegados ao CW tendem a ser envergonhados e tendem a seleccionar estações que podem descodificar facilmente…

As frequências recomendadas – sem qualquer obrigação – andam à volta de +/- 10KHz das frequências abaixo indicadas, incluindo nas bandas WARC (ver abaixo).

Chaves/velocidades

Utiliza-se qualquer tipo de chave, com ou sem keyer.
Não é aceitável o uso de qualquer teclado ou mensagens pré-programadas. Apenas é aceitável o uso de chamada pré-gravada (“CQ QRS”, por exemplo).

A velocidade máxima é de 14 WPM (70 cpm).

Se um correspondente responder a uma velocidade mais baixa, deve baixar-se a velocidade para corresponder à do outro OM

QSOs
A duração mínima para um QSO é de 5 minutos. Basta fazer QSOs normal de forma amistoso, como de costume.

Todos os QSOs devem constar do log e qualquer estação de qualquer país pode ser contactada, inclusive aquelas que não participam da actividade. Nesse caso, sugere-se que os tente convencer a participar…

O RST deve ser real. O típico 599/5NN deve ser evitado, excepto quando for esse o caso…

Parte-se do princípio que todas as estações são iguais, independentemente do “brilho” do seu indicativo.
O objectivo é obter o mais número de sinais QRS!
Logo, faça QSO com os seus colegas radioamadores todos os dias, mesmo que seja com os mesmos de sempre!

LOGS

Os logs podem ser enviados em ADIF.

O GPCW fica à disposição de qualquer colega que tenha dificuldade na “produção” deste log. Basta enviar um email para gpcw.geral@gmail.com

Cabeçalho

O cabeçalho dos logs deve conter, pelo menos, as seguinte informação:

  1. Indicativo
  2. Nome e QTH
  3. Endereço
  4. Club EUCW de preferência (GPCW, obviamente…)
  5. Classe (A= QRO, B=QRP ou C=SWL)
  6. Número de QSOs
  7. Votos para os operadores com “o mais entendível morse escutado”, até 3 indicativos
  8. Tipo de certificado deseja (papel ou pdf) caso seja reconhecido como uma das estações mais activas.

Pode juntar-se outros detalhes, se assim entender.

Informação dos QSOs

O número mínimo de colunas será:

  1. Data (aaaammdd; exemplo 20180423)
  2. Hora UTC (HHMM)
  3. Indicativo do correspondente
  4. Banda
  5. Modo (CW)
  6. RST enviado
  7. RST recebido
  8. Nome do correspondente enviado no QSO
  9. QTH do correspondente enviado no QSO

É aceitável que o RST enviado, RST recebido, nome e QTH não estejam presentes ou estejam incorrectos (ver objectivos desta semana…)
Recomendamos que outras informações da estação correspondente sejam incluídas, a título facultativo, nomeadamente equipamento utilizado, antena, WX, etc.

Envio de logs

Recomenda-se que os logs sejam enviados por correio electrónico para qrs@eucw.org

Para envio de logs em papel consulte a página do EuCW.

A ideia predominante é que é melhor qualquer log que log nenhum da mesma forma que um QSO incompleto é melhor que nenhum QSO.
A Semana QRS da EuCW não é uma competição mas uma oportunidades para os novos operadores de CW utilizarem as bandas (em cw…) sem medo de velocidades excessivas.

Prazo para o envio de Logs

Os logs devem ser enviados até 31 de Maio.

Frequências

As frequências recomendadas (área de actividade) são as seguintes:

2m – 144.065 MHz (evitar 144050 por causa das esporádicas)
6m – Utilizar qualquer frequência do plano de banda da IARU
10m – 28.055 MHz (Frequência recomendada pela IARU para QRS)
12m – 24.905 MHz
15m – 21.055 MHz (Frequência recomendada pela IARU para QRS)
17m – 18.085 MHz
20m – 14.055 MHz (Frequência recomendada pela IARU para QRS)
30m – 10.125 MHz
40m – 7.035 MHz (permanecer exclusivamente na banda “CW” 7000-7040 kHz)
80m – 3.555 MHz (Frequência recomendada pela IARU para QRS)
160m – Utilizar qualquer frequência do plano de banda da IARU

As frequências de chamada QRP devem ser evitadas: 1843; 3560; 7030; 10116; 14060; 18096; 21060; 24906; 28060 kHz.

Os novos operadores de CW que não se sintam ainda capazes de colocar um sinal no ar são especialmente convidados a participar na categoria SWL.

Semana Europeia de QRS CW – EuCW QRS Activity week

O EuCW convida todos os radioamadores e radio-escutas a participar na Semana Europeia de QRS (EuCW QRS Activity Week). E o GPCW também!

Esta actividade decorre entre as 00h00 UTC de 29 de Abril e as 23h59 UTC de 3 de Maio e não é um concurso.
Antes pelo contrário, é um convite para baixar a velocidade de transmissão e desfrutar do CW em velocidade baixa durante cinco dias.

As datas foram escolhidas para evitar conflitos com concursos.

O objectivo é dar uma oportunidade aos novos operadores.

O espírito desta actividade é que a participação nela possa ser encarada como um serviço a potenciais novos operadores.
Uma boa causa, portanto!

A ideia desta semana é trabalhar qualquer estação, mesmo que seja só envio do RST mas utilizando apenas QRS.

Mesmo os QSOs que sejam feitos com estações não participantes podem ser incluídos nos logs.

Os que desejarem podem indicar nos seus logs até 3 estações que mereçam especial reconhecimento pelo “mais entendível morse escutado” (Most Readable Morse Heard). Apenas pode ser dado um voto a cada estação.
Se não quiser este “direito” agradece-se que o indique no Log.

A Semana Europeia de QRS (EuCW QRS Activity Week) nasceu em 2001, pela mão do nosso congénere FISTS. Durante uma década organizaram esta semana até que, em 2012, o AGCW passou a ser o clube organizador.

Datas
De 29ABR2019 a 03MAI2019, inclusive.

Regra geral – segunda-feira das 00h00 (UTC) às 23h59 (UTC) da semana após o 4º domingo do mês de Abril.

MODE

CW/A1A (só auditivo)

CLASSES

A – Mais de 10w input ou 5w de saída
B – QRP (menos de 10w input ou 5w de saída)
C – Radio escutas.

Há ainda uma classe invisível de participantes que são os clubes do EuCW (GPCW, por exemplo…).

Cada participante pode dedicar a sua participação ao seu clube: Basta indicar o respectivo clube e o número de membro no log.
Pode anunciar o facto de ser membro de um clube durante o QSO, mas não há obrigação de o fazer. Aliás, não é recomendável provocar confusão nos mais novos na prática de CW com o envio de acrónimos de clubes e números com 4 ou mais dígitos…

Chamada

Não há obrigação de o fazer especialmente, mas utilizar “CQ QRS” pode ser útil para ser detectado como participante na actividade.

Os mais experientes devem fazer CQ repetidas vezes porque os novos chegados ao CW tendem a ser envergonhados e tendem a seleccionar estações que podem descodificar facilmente…

As frequências recomendadas – sem qualquer obrigação – andam à volta de +/- 10KHz das frequências abaixo indicadas, incluindo nas bandas WARC (ver abaixo).

Chaves/velocidades

Utiliza-se qualquer tipo de chave, com ou sem keyer.
Não é aceitável o uso de qualquer teclado ou mensagens pré-programadas. Apenas é aceitável o uso de chamada pré-gravada (“CQ QRS”, por exemplo).

A velocidade máxima é de 14 WPM (70 cpm).

Se um correspondente responder a uma velocidade mais baixa, deve baixar-se a velocidade para corresponder à do outro OM

QSOs
A duração mínima para um QSO é de 5 minutos. Basta fazer QSOs normal de forma amistoso, como de costume.

Todos os QSOs devem constar do log e qualquer estação de qualquer país pode ser contactada, inclusive aquelas que não participam da actividade. Nesse caso, sugere-se que os tente convencer a participar…

O RST deve ser real. O típico 599/5NN deve ser evitado, excepto quando for esse o caso…

Parte-se do princípio que todas as estações são iguais, independentemente do “brilho” do seu indicativo.
O objectivo é obter o mais número de sinais QRS!
Logo, faça QSO com os seus colegas radioamadores todos os dias, mesmo que seja com os mesmos de sempre!

LOGS

Os logs podem ser enviados em ADIF.

O GPCW fica à disposição de qualquer colega que tenha dificuldade na “produção” deste log. Basta enviar um email para gpcw.geral@gmail.com

Cabeçalho

O cabeçalho dos logs deve conter, pelo menos, as seguinte informação:

  1. Indicativo
  2. Nome e QTH
  3. Endereço
  4. Club EUCW de preferência (GPCW, obviamente…)
  5. Classe (A= QRO, B=QRP ou C=SWL)
  6. Número de QSOs
  7. Votos para os operadores com “o mais entendível morse escutado”, até 3 indicativos
  8. Tipo de certificado deseja (papel ou pdf) caso seja reconhecido como uma das estações mais activas.

Pode juntar-se outros detalhes, se assim entender.

Informação dos QSOs

O número mínimo de colunas será:

  1. Data (aaaammdd; exemplo 20180423)
  2. Hora UTC (HHMM)
  3. Indicativo do correspondente
  4. Banda
  5. Modo (CW)
  6. RST enviado
  7. RST recebido
  8. Nome do correspondente enviado no QSO
  9. QTH do correspondente enviado no QSO

É aceitável que o RST enviado, RST recebido, nome e QTH não estejam presentes ou estejam incorrectos (ver objectivos desta semana…)
Recomendamos que outras informações da estação correspondente sejam incluídas, a título facultativo, nomeadamente equipamento utilizado, antena, WX, etc.

Envio de logs

Recomenda-se que os logs sejam enviados por correio electrónico para qrs@eucw.org

Para envio de logs em papel consulte a página do EuCW.

A ideia predominante é que é melhor qualquer log que log nenhum da mesma forma que um QSO incompleto é melhor que nenhum QSO.
A Semana QRS da EuCW não é uma competição mas uma oportunidades para os novos operadores de CW utilizarem as bandas (em cw…) sem medo de velocidades excessivas.

Prazo para o envio de Logs

Os logs devem ser enviados até 31 de Maio.

Frequências

As frequências recomendadas (área de actividade) são as seguintes:

2m – 144.065 MHz (evitar 144050 por causa das esporádicas)
6m – Utilizar qualquer frequência do plano de banda da IARU
10m – 28.055 MHz (Frequência recomendada pela IARU para QRS)
12m – 24.905 MHz
15m – 21.055 MHz (Frequência recomendada pela IARU para QRS)
17m – 18.085 MHz
20m – 14.055 MHz (Frequência recomendada pela IARU para QRS)
30m – 10.125 MHz
40m – 7.035 MHz (permanecer exclusivamente na banda “CW” 7000-7040 kHz)
80m – 3.555 MHz (Frequência recomendada pela IARU para QRS)
160m – Utilizar qualquer frequência do plano de banda da IARU

As frequências de chamada QRP devem ser evitadas: 1843; 3560; 7030; 10116; 14060; 18096; 21060; 24906; 28060 kHz.

Os novos operadores de CW que não se sintam ainda capazes de colocar um sinal no ar são especialmente convidados a participar na categoria SWL.

Primeiro Acções Radiotelegráficas QRS do ano de 2019 – Terça-feira, dia 8 de Janeiro!

Terça-feira, dia 8 de Janeiro, às 21 horas, começa o primeiro Acções do ano de 2019!

7028 e 3528 KHz !

Ao estarmos presentes no ACÇÕES QRS estamos a promover o CW entre nós e a dar oportunidade a todos, nomeadamente a quem se iniciou mais recentemente no CW.

As indicações a seguir são as que se encontram em Práticas aconselháveis no Acções Radiotelegráficas QRS – QRS NET CW para todos! E é às Terça-feiras…

Participe nesta roda de amigos e traga outros consigo!

Último Acções Radiotelegráficas QRS do ano de 2018 ! Terça-feira, dia 18 de Dezembro

Terça-feira, dia 18, às 21 horas, começa o último Acções do ano de 2018!

7028 e 3528 KHz !

Ao estarmos presentes no ACÇÕES QRS estamos a promover o CW entre nós e a dar oportunidade a todos, nomeadamente a quem se iniciou mais recentemente no CW.

As indicações a seguir são as que se encontram em Práticas aconselháveis no Acções Radiotelegráficas QRS – QRS NET CW para todos! E é às Terça-feiras…

Participe nesta roda de amigos e traga outros consigo!

Concurso QRS CW – 2018

Promovido pelo Núcleo de Radioamadores da Armada e Rede de Emissores Portugueses, “Um Dia Nacional de CW QRS” vai, de novo, ser um dia particularmente destinado aos colegas radioamadores nacionais mais lentos ou com receio de manipular a chave de morse!
Contudo, este dia é também destinado a todos os restantes entusiastas da prática do CW acústico, os quais deverão ter a ética como princípio, não ultrapassando 15 ppm.

Esta é uma excelente oportunidade excelente para a prática de CW QRS.

É dever ético dos participantes mais experientes darem o seu contributo para que os colegas iniciantes venham a ser melhores operadores.
Todos começamos por algum lado e em algum momento. Este é o lado. Este é o momento!

Assim, convidam-se todos os colegas radioamadores a participar no evento, cujo regulamento se segue:

Data: 17 de Março 2018

Períodos:
A actividade desenvolve-se em dois períodos:

  • 1º período: 0900-1200 UTC
  • 2º período: 2100-2359 UTC

Modo:
Somente CW

Bandas/Frequências:

  • 40m – Frequência central: 7015 ± 5 KHz
  • 20m – Frequência central: 14015 ± 5 KHz
  • 15m – Frequência central: 21015 ± 5 KHz
  • 10m – Frequência central: 28015 ± 5 KHz

Categorias:
Somente Monoperador

Velocidade:
Não deve ser ultrapassada a velocidade de 15 wpm

EXCHANGE
Estações tituladas por não membros do NRA ou REP:

  • RST + Numeração seguida a começar em 001 (exemplo: CT1XXX de CT1ZZZ 599 001)

Estações tituladas por membros do NRA ou da REP:

  • RST + Número de sócio antecedido das letras PN ou RP conforme é sócio da REP ou  do NRA (exemplo: CT1XXX de CT1ZZZ 599 PN014 ou CT1XXX de CT1ZZZ 599 RP308

Nota: No caso de estações simultaneamente membros do NRA e REP usarão um só número de membro durante os três períodos da actividade.

Pontuação dos QSO’s:
a) Contactos com a estação CS5NRA e CT1REP valem 5 pontos uma só vez por período,sendo os restantes de apenas um ponto;
b) Contactos com estações tituladas por membros do NRA ou da REP valem 3 pontos uma só vez por período, sendo os restantes de apenas um ponto;
c) Contactos com outras estações valem um ponto;
d) Contactos com a mesma estação podem ser repetidos de hora a hora.

Multiplicadores:
As estações CS5NRA e CT1REP contam como multiplicador uma única vez por período;

Pontuação final:
A pontuação final é dada pelo produto da soma dos pontos pela soma dos multiplicadores.

Troféus:

a) Haverá um troféu e Diploma para o primeiro classificado;
b) Diploma para os 2º e 3º Classificados;
c) Restantes participantes receberão certificado de participação desde que contactem cinco ou mais estações diferentes.

Penalizações:
O recurso a meios automáticos de Tx/Rx – incluindo a chave automática, semi-automática, computador ou qualquer outro meio não manual – se detectado, leva a eEstação infractora a incorrer na pena de desclassificação.

LOGs:

a) Os Logs deverão incluir no fim, o endereço postal e/ou endereço de E-Mail do participante;
b) Deverão incluir uma frase alusiva à experiência do participante, em CW, e um comentário sobre o evento;
c) Os Logs serão em formato XLS (EXCEL) ou Cabrillo.

Os logs deverão ser enviados via email para nra@nra.pt até 20 dias após a data do evento.

Fica implícito que ao participar o radioamador aceita o estabelecido no presente regulamento.

Regulamento completo em https://www.nra.pt/dia-nacional-de-cw-qrs-2018.html