Práticas aconselháveis no Acções Radiotelegráficas QRS – QRS NET CW para todos! E é hoje, Terça-feira!

Práticas aconselháveis no Acções Radiotelegráficas QRS

QRS NET CW para todos! 

 

O último Acções Radiotelegráficas QRS (05/12/2017) foi unanimemente reconhecido como interessante pelos participantes mas o elevado número de estações na mesma frequência pode criar alguns congestionamentos.

Ora, o ACÇÕES constitui um QSO net em que a velocidade máxima permitida é de 12 WPM (QRS) onde todos podem participar!

Ao estarmos presentes no ACÇÕES estamos a promover o CW entre nós e a dar oportunidade a todos!

Assim, sugere-se a adopção das seguintes indicações:

Datas: Terças-Feiras

Horário: A partir das 21:00h (UTC)

Frequências: 7 025 kHz a 7 035 kHz

O meeting freq. será 7028 KHz.
Caso esta freq. esteja ocupada, o QSY acontecerá no intervalo indicado.

Chamada (sugestão): CQ GPCW QRS

Procedimento: Chamar na frequência de 7028.
Caso exista resposta de uma estação, deve fazer QSY e estabelecer um QSO noutra frequência.

Repetir o procedimento, para contactar com outras estações!

Exemplo de procedimento:

CQ CQ CQ GPCW QRS DE CT1XYZ CT1XYZ CT1XYZ K

CT1XYZ DE CT1OOO AS KN

CT1OOO DE CT1XYZ AS

CT1XYZ vai verificar frequências livres e encontra 7031 desocupada

CT1XYZ DE CT1OOO UP 3 UP 3 KN (CT1XYZ pede para subirem + 3 KHz)

CT1OOO DE CT1XYZ R UP 3 KN (CT1OOO reconhece QSY + 3 KHz)

Em 7031

CT1XYZ DE CT1OOO KN

CT1OOO DE CT1XYZ BT GE DR OM = UR RST… (QSO…)

PARTICIPE NO ACÇÕES RADIOTELEGRÁFICAS QRS!

 

 

1º Acções Radiotelegráficas QRS: Um evento muito promissor!

Ocorreu hoje, 05DEZ2017, pelas 21h UTC, o 1º Acções Radiotelegráficas QRS, nos 7 028 KHz (NET QRS CW), tendo estado no ar 9 estações e sabendo que muitas mais estiveram em RX (CT1GZB, CT1HIX, CT1HXB, CT1ECW, CU3AA, entre outras).
Para que conste, fizeram-se presentes as seguintes estações:
CT4RK, Carlos Mourato,
CT1GFQ, Carlos Fonseca,
CT1BQH João Carlos Morgado,
CT1ACS Afonso Leitão,
CT1CZT, António Gamito,
CT7ABE, João Fragoso,
CT1ZQ, Fernando Cereja,
CT7AJL, Helder Mendes
CT7AFN, Carlos Gorjão
CT1JLG, Nuno Farinha

Todos os começos são difíceis e ser a 1ª vez que um NET CW QRS se realiza em CT obriga a que a aprendizagem seja um factor sempre presente, com a humildade que se reconhece aos operadores de CW.

De notar que todos as estações mantiveram-se em QRS o que permite ajudar muitos colegas a experimentarem-se nestas linguagem nossa!
As estações presentes, de forma quase unânime, consideraram o evento de positivo com arestas a limar.
É uma reflexão que faremos imediatamente porque Terça-feira, dia 12, há mais!
73

Acções Radiotelegráficas QRS – QRS NET CW para todos!

– Todas as Terças-feiras, a partir de 5 de Dezembro! –

As ACÇÕES RADIOTELEGRÁFICAS QRS são eventos, de âmbito nacional, promovidas pelo GPCW com o objetivo de incentivar a prática da comunicação em radiotelegrafia e incrementar a participação e prática dos RADIOAMADORES nesta modalidade.

O ACÇÕES constitui um QSO net em que a velocidade máxima permitida é de 12 WPM (QRS). Todos podem participar!

Datas: Terças-Feiras

Horário: A partir das 21:00h (UTC)

Frequências: 7 025 kHz a 7 035 kHz

O meeting freq. será 7028 KHz.
Caso esta freq. esteja ocupada, o QSY acontecerá no intervalo indicado.

Chamada (sugestão): CQ GPCW QRS

O Acções inicia-se no próximo dia 5 de Dezembro de 2017

Participe e divulgue!

 


Vantagens do Código de Morse versus comunicação em fonia:

  • Requer menos largura de banda que as comunicações de voz, normalmente 300Hz, contra 4KHz da fonia.
  • Permite o uso de filtros estreitos (recepção) que suprimem ou eliminam a interferência em frequências próximas.
  • O acentuado e muito frequente recurso aos sinais do Código “Q”, bem como o uso generalizado de prowords/prosigns e outras abreviaturas utilizadas no CW, facilitam a comunicação entre radioamadores de nacionalidade e língua diferente.
  • A comunicação em CW goza da vantagem de, mesmo em muito baixa potência – QRP -, possibilitar comunicações a distâncias impensáveis para os modos de fonia.
  • A recepção apoia-se no treino dos operadores que, mesmo com sinais fracos e no meio de intenso ruído atmosférico – QRN -, gozam do privilégio, vedado aos computadores, de discriminar o que é útil do que é dispensável.
  • A energia irradiada é concentrada dentro de uma estreita largura de banda, da qual a selectividade auditiva do cérebro dos operadores tira vantagem, face aos computadores, na recepção de sinais fracos, defeituosos ou interferidos.
  • A comunicação em CW é rápida, é resistente, é sintética e eficaz e constitui um privilégio para os que a usam!

PARTICIPE NO ACÇÕES RADIOTELEGRÁFICAS QRS!

INSCREVA-SE NAS ACÇÕES DE ENSINAMENTO CW!

SEJA DOS POUCOS QUE GOZAM DO PRIVILÉGIO DE SABER MORSE!

 

O GPCW na Feira da ARVM – 26NOV

O GPCW, graças à gentileza da ARVM, terá uma mesa na Feira da Rádio, que decorrerá no próximo Domingo, dia 26, no IPJ, no Parque das Nações.

Esta representação será uma forma de divulgar os nossos propósitos no Radioamadorismo, na defesa, divulgação e promoção do CW!

Servirá, também, para alguns de nós se conhecerem pessoalmente.

Apareça na sua mesa, a mesa do GPCW!

Protocolo NRA / GPCW

O Núcleo de Radioamadores da Armada (NRA) e o Grupo Português de CW (GPCW) estabeleceram um Protocolo de Colaboração, tendo em vista os seguintes pressupostos:

– Os membros de ambos partilham, em muitos casos, características e gostos comuns nas diferentes vertentes do radioamadorismo;

– Não obstante as diferenças entre o NRA e o GPCW, há sinergia identificadas que podem potenciar as actividades de ambos.

O Protocolo tem por finalidade potenciar as sinergias entre o NRA e o GPCW, promovendo a cooperação técnica, social e humana entre ambos.

No âmbito deste Protocolo incluem-se, também, actividades e eventos comuns, diligências e representações no âmbito do radioamadorismo, bem como a participação em ações de formação e de treino, concursos, activações e, de um modo geral, todas as oportunidades de cooperação que surjam, no âmbito do radioamadorismo e que as partes entendam úteis a ambos.

Sendo as vantagens de um estreito relacionamento bilateral evidentes, o NRA e o GPCW esperam poder contribuir para a melhoria do radioamadorismo nacional, considerando que este género de entendimentos deve ser a regra e não a excepção.

O NRA e o GPCW aproveitam para agradecer a todos os colaboraram na discussão e elaboração deste Protocolo.

Assinaram o Protocolo, em nome das destas duas organizações de radioamadores, o Presidente da Direcção do NRA, José Rafael Costa, CT4GN, e o responsável pela Coordenação Geral do GPCW, Edgar Moreno, CT1CKP.

A assinatura teve lugar em 28 de Junho de 2017, na sede do Núcleo de Radioamadores da Armada.”

Vídeo do evento

Fotografias do evento

CT1CKP e CT4GN
CT1CKP, Edgar Moreno pelo GPCW e CT4GN Rafael Costa, selam o Protocolo com um abraço
20170628_161523
Assinatura do Protocolo de Colaboração

 

20170628_161434
Assinatura do Protocolo de Colaboração

 

 

 

 

 

 

 

Uma competição de CW diferente!!! – SCAG/EuCW Straight Key Day

Para colocar no calendário…

Há estações portuguesas com CW muito bonito, manipulado por excelentes operadores ! 🙂 🙂 🙂

Alguém alinha ?

Ver regras abaixo…

 

Introdução

O Straight Key Day (SKD) ocorre no dia de Ano Novo e em cada solstício de verão.

O próximo será em 24 de Junho próximo.

Conceito

O SKD não é um concurso. [NT – Mas tem pontuação…]

O objectivo é dar oportunidade aos radioamadores para fazer QSOs (em bom CW…) a uma velocidade conveniente a ambos os correspondentes, utilizando uma chave manual e telegrafia auditiva.

A competição resume-se a:

Contactar com o mais bonito CW alguma vez ouvido…

[NT – O que conta é a qualidade do CW, não a velocidade de transmissão!… 🙂 ]

Datas

O SKD acontece anualmente no:

  • Dia de Ano Novo;
  • Solstício de Verão, isto é, no Sábado que fica entre 20 e 26 de Junho (Swedish Midsummer Day).

Horário

0800 às 2200 UTC

Frequências

3540-3580

7020-7040

10105-10125

14050-14070

Os participantes são convidados a trabalhar preferencialmente nos 10 e nos 14 MHz para dar oportunidades a todos.

Modo

Apenas CW utilizando chave manual vertical e telegrafia auditiva.

Pontuação

Em cada QSO, no log da estação, a manipulação do correspondente deve ser graduada/pontuada entre 0 e 5, de acordo com a opinião pessoal do participante.

A pontuação final é contabilizada pelo manager do SKD da seguinte maneira:

  • Para entrar na lista das estações a concurso, cada estação deve receber, pelo menos, cinco pontuações relativas à sua manipulação.

    Logo, deve trabalhar-se mais de cinco estações…

  • A soma de todos todas as pontuações – relativas à manipulação – é divido pelo número total de pontuações recebidas (média da pontuação recebida pela manipulação).

    Logo, a pontuação máxima é 5,0!

Prémios

SKD Straight Key Award

Receberão Diplomas aqueles que enviarem os respectivos logs.

Os diplomas são enviados no final do Outono.

Placas SKD

  • A placa “Chave de ouro” (Golden Key Plaquette) será atribuída ao operador que obtiver o melhor resultado.
    • Em caso de empate, a placa será atribuída ao operador que obtiver o maior número de pontuações atribuídas.
  • A placa “Chave de prata” será atribuída ao segundo melhor resultado.
  • A placa “Chave de bronze” será atribuída ao terceiro melhor resultado.

Logs

Todos os tipos de logs são válidos desde que sejam enviados por email.

Não se aceitam logs por correio.

Os logs devem conter, além das indicações usuais, pelo menos, o seguinte:

  • O indicativo da estação que envia o log;
  • Os indicativos das estações contactadas;
  • A pontuação dada à manipulação de cada correspondente.

Os logs devem ser enviados (só email) até uma semana após o final do evento.

Pede-se que se juntem aos logs comentários, “estórias” ou experiências simpáticas sobre o evento SKD.

Os logs devem ser enviados para SKD@scag.se

Só assim será possível ao SKD manager assinalar QSL ao seu log!

O coordenador do evento (SKD Manager) do evento é o Lars, SM0OY

 

Uma competição de CW diferente!!! – SCAG/EuCW Straight Key Day

Para colocar no calendário…
Há estações portuguesas com CW muito bonito, manipulado por excelentes operadores ! 🙂 🙂 🙂
Alguém alinha ?

Ver regras abaixo…

Introdução

O Straight Key Day (SKD) ocorre no dia de Ano Novo e em cada solstício de verão.

O próximo será em 24 de Junho próximo.

Conceito

O SKD não é um concurso. [NT – Mas tem pontuação…]
O objectivo é dar oportunidade aos radioamadores para fazer QSOs (em bom CW…) a uma velocidade conveniente a ambos os correspondentes, utilizando uma chave manual e telegrafia auditiva.

A competição resume-se a:
Contactar com o mais bonito CW alguma vez ouvido…

[NT – O que conta é a qualidade do CW, não a velocidade de transmissão!… 🙂 ]

Datas

O SKD acontece anualmente no:

  • Dia de Ano Novo;
  • Solstício de Verão, isto é, no Sábado que fica entre 20 e 26 de Junho (Swedish Midsummer Day).

Horário

0800 às 2200 UTC

Frequências

3540-3580
7020-7040
10105-10125
14050-14070

Os participantes são convidados a trabalhar preferencialmente nos 10 e nos 14 MHz para dar oportunidades a todos.

Modo

Apenas CW utilizando chave manual vertical e telegrafia auditiva.

Pontuação

Em cada QSO, no log da estação, a manipulação do correspondente deve ser graduada/pontuada entre 0 e 5, de acordo com a opinião pessoal do participante.

A pontuação final é contabilizada pelo manager do SKD da seguinte maneira:

  • Para entrar na lista das estações a concurso, cada estação deve receber, pelo menos, cinco pontuações relativas à sua manipulação.
    Logo, deve trabalhar-se mais de cinco estações…
  • A soma de todos todas as pontuações – relativas à manipulação – é divido pelo número total de pontuações recebidas (média da pontuação recebida pela manipulação).
    Logo, a pontuação máxima é 5,0!

Prémios

SKD Straight Key Award

Receberão Diplomas aqueles que enviarem os respectivos logs.
Os diplomas são enviados no final do Outono.

Placas SKD

  • A placa “Chave de ouro” (Golden Key Plaquette) será atribuída ao operador que obtiver o melhor resultado.
    • Em caso de empate, a placa será atribuída ao operador que obtiver o maior número de pontuações atribuídas.
  • A placa “Chave de prata” será atribuída ao segundo melhor resultado.
  • A placa “Chave de bronze” será atribuída ao terceiro melhor resultado.

Logs

Todos os tipos de logs são válidos desde que sejam enviados por email.
Não se aceitam logs por correio.

Os logs devem conter, além das indicações usuais, pelo menos, o seguinte:

  • O indicativo da estação que envia o log;
  • Os indicativos das estações contactadas;
  • A pontuação dada à manipulação de cada correspondente.

Os logs devem ser enviados (só email) até uma semana após o final do evento.

Pede-se que se juntem aos logs comentários, “estórias” ou experiências simpáticas sobre o evento SKD.

Os logs devem ser enviados para SKD@scag.se
Só assim será possível ao SKD manager assinalar QSL ao seu log!

O coordenador do evento (SKD Manager) do evento é o Lars, SM0OY