80º Aniversário do First Class CW Operator’s Club (FOC) – Um desafio!

Está a decorrer até às 2400z, de 31 de Maio, o desafio do FOC, para comemorar os 80 anos deste prestigiado clube de CW (https://www.g4foc.org/foc80).

O desafio consiste em trabalhar o maior número de estações daquele Clube, sendo que as estações valem pontos:

  • Com “80” no indicativo – 10 pontos
  • Com “FOC” no indicativo – 5 pontos
  • Estações de membros – 1 ponto

Note-se que, neste desafio, há estações que operam tipo concurso (5NN TU…), há outras que praticam um QSO “normal” e há ainda outras que ficam na conversa com o correspondente.
Todas operam QRS quando o correspondente responde em QRS!

O desafio tem um leaderboard que conterá não mais de 800 estações, ordenadas pela pontuação.

O “top 80” receberá um Diploma do grau ouro. Já o “top 400 receberá um Diploma do grau prata, enquanto os restantes recebem um Diploma do grau bronze.

Através do RBN há uma página que indica as estações do FOC que estão no ar, em cada momento: http://foc.dj1yfk.de/bandmap

O leaderboard onde estão os resultados globais e onde cada um pode consultar a sua pontuação está em https://clublog.org/foc_leaderboard.php

GL ES 73

A SAQ volta a transmitir em 17,2 KHz, CW!

A Associação de Amigos Alexander – Associação de Amigos e Veteranos da rádio SAQ informou que a estação “Grimeton Radio Station”, conhecida como SAQ, irá para o ar no dia 1 de Maio, participando na actividade “Work it out”, da Rota Europeia do Património Industrial, naquele que é o “Dia da Cultura Industrial“.

Lars Kalland, SM6NM, afirmou que “ integrado no evento, estamos a planear fazer a primeira transmissão da estação SAQ desde 2016.”.

SAQ
Antenas de SAQ

O transmissor começará a sequência de arranque às 0930 UTC, começando a transmissão pelas 1000 UTC, em 17,2 KHz, em CW.

Estará disponível um stream de vídeo em http://alexander.n.se/

O Lars afirmou ainda que nenhum QSL será enviado nem será publicada a lista de reportes recebida, à posteriori.

Contudo, pede-se a quem escutar a emissão que envie um breve reporte via email (info@alexander.n.se).

Por último, afirmou ainda que espera que a transmissão planeada de SAQ decorra como planeado, mas que existe sempre a possibilidade da transmissão ter de ser cancelada à última da hora.

Importa referir que as instalações da antiga estação SAQ estão concessionadas à Associação de Amigos Alexander – Associação de Amigos e Veteranos da rádio SAQ, pelo estado Sueco.

Abaixo – Vídeo de uma transmissão de SAQ em 16/08/2016

 

108º ano após o início das comunicações radiotelegráficas na Marinha Portuguesa

Refª – Vídeo no final do texto

Comemora-se  a 16 de Fevereiro, o 108º aniversário da ligação radiotelegráfica entre Vale do Zebro* e o Posto Radiotelegráfico do Arsenal da Marinha, que marca o início das comunicações regulares usando “Telegrafia Sem Fios” (T.S.F.) naquele ramo das Forças Armadas.

posto radiotelegrafico casa da Balança 1
Posto Radiotelegráfico da Casa da Balança, em Fevereiro de 2016
Crédito: Fotografia da Marinha Portuguesa​​​ (www.marinha.pt)

Na comunicação apresentada na Academia de Marinha, pelo Membro Efectivo Contra-Almirante Leiria Pinto, em 1 de Junho de 2010, intitulada “AS COMUNICAÇÕES NA MARINHA – Dos primórdios a 1975” pode ler-se:

Foi a 16 de Fevereiro de 1910, a data histórica de que presentemente se comemora o centenário, quando Vale de Zebro é ligado ao Posto Radiotelegráfico do Arsenal da Marinha, recém instalado na Casa da Balança**,  o qual se considera a primeira estação radiotelegráfica portuguesa.

No fim do ano de 1910, além destes dois postos, dispunham de equipamentos radiotelegráficos os seis cruzadores; “S. Gabriel”, “Almirante Reis” (ex. “D. Carlos”), “São Rafael”, “Adamastor”, “Vasco da Gama” e “República” (ex. “Rainha D. Amélia”).

Estavam assentes os alicerces da T.S.F. na Marinha, tornava-se agora necessário estabelecer os vários pólos radiotelegráficos que permitissem uma rede de comunicações alargada e consolidada.

Em 1913, o Posto da Casa da Balança é aberto ao serviço público móvel marítimo, sendo considerado, por esse facto, a primeira estação pública de T.S.F..
Era já a “Marinha de duplo uso”.

* NR – Actualmente é a Escola de Fuzileiros.
** NR – Actuais Edifícios da Administração Central da Marinha, na Av Ribeira das Naus, em Lisboa.

Vídeo – Centenário da Radiotelegrafia na Marinha