Abertas as inscrições para os cursos de “CW no relax – Nível 2”

Estão abertas as inscrições um curso de CW de “Nível 2 – CW no relax”.

Este curso destina-se a operadores que queiram incrementar a sua velocidade acima das 12 wpm.
O objectivo é ajudar os aprendentes a comunicarem em CW a 20 wpm.

Para aceder ao curso são necessários os seguintes requisitos:

O Ensinador será o CT1BQH, João Carlos Morgado, radioamador conhecido pelas suas excepcionais qualidades telegráficas, humanas e formativas que, integrado no GPCW e com o apoio de vários colegas, ajudará os colegas a superarem dificuldades e a serem melhores telegrafistas.

As inscrições encontram-se abertas a partir de agora, aqui.

A Marinha Americana (USN) testa um sistema de mensagens navio-navio, utilizando morse luminoso

A Marinha dos Estados Unidos trouxe as comunicações de morse luminoso para a era das mensagens de texto.

Em um teste recente, o destroyer USS Stout trocou mensagens de morse luminoso com o cruzador USS Monterey, atracado na base naval de Norfolk, na Virgínia.

Isto foi feito usando uma lâmpada de sinais adaptada com o sistema Flashing Light to Text Converter (FLTC), o que permite aos marinheiros que não entendem morse luminoso o envio de recepção de mensagens de forma rápida.

 

O clack e o flash destes sinais podem parecer uma prática arcaica que só aparece em velhos filmes de guerra, mas este simples dispositivo para enviar mensagens, usando um farol de busca, equipado com persianas, ainda é muito usado por marinhas de todo o mundo.
É, na verdade, um sistema muito simples, de baixa tecnologia, e é por isso que sobreviveu por tanto tempo.

Em uma era de sofisticados sistemas de rádio digital que podem transmitir gigabytes de dados em questão de segundos, o sinal do ALDIS tem as vantagens da simplicidade.
Não é susceptível a interferências, não pode ser escutado, funciona mesmo se a principal fonte de energia do navio ou as comunicações por satélite forem eliminadas, e pode ser usada para comunicações entre navios, mesmo sob as mais estritas condições de silêncio de rádio.

O problema é que o envio de mensagens por morse luminoso é lento.

Pior ainda, depende da proficiência do operador na utilização do código Morse luminoso e isso é um problema num mundo moderno onde Morse já deixou de ser usado no meio naval.
Isso significa que os operadores precisam ser treinados especialmente e é muito difícil alcançar a velocidade e precisão necessárias e corretas no envio e recepção de mensagens.

Desenvolvido sob o patrocínio do programa TechSolutions do Office of Naval Research (ONR), o sistema FLTC foi projetado para ultrapassar estes problemas sob a forma de um dispositivo que actualiza os dispositivos luminosos e que pode ser adaptado na parte traseira de qualquer farol.
O sistema ainda está em forma de protótipo e consiste em motores passo a passo para operar as persianas ou os LEDs que podem substituir as lâmpadas de incandescência, enquanto que, na outra extremidade, uma câmera GoPro recebe (captura) os flashes de luz (código Morse) do outro navio.

No meio, fica um conversor proprietário na forma de um tablet ou um laptop que executa algoritmos de software especialmente desenvolvidos para o efeito.
O software converte as mensagens de texto e acciona o dispositivo de sinais ou converte as mensagens transmitidas em código Morse luminoso novamente em mensagens de texto, que depois são exibidas.

Isso permite que qualquer pessoa envie e receba mensagens, sem qualquer proficiência no código Morse luminoso.
Em testes recentes, Scott Lowery, engenheiro do Naval Surface Warfare Center (NSWC), Cidade do Panamá, Flórida, foi levado de forma bastante literal.
“Pedi-lhes que me enviassem um texto aleatório. Então eles enviaram a palavra” aleatório”, diz Lowery. “Simples, mas mostra que o sistema está funcionando”.

Desenvolvido em 2015 pelo programa TechSolutions da ONR e pela Creative MicroSystems Corp, a FLTC será entregue ao Centro de Desenvolvimento de Guerra e Minas Navais (SMWDC) no final deste ano para testes e avaliação.

A esperança é que um kit de actualização do ALDIS seja enviado para toda a frota da USN no decorrer do próximo ano.
“A melhor parte deste conversor de luz intermitente é sua facilidade de uso por qualquer elemento da Marinha”, diz Lowery.

“É muito intuitivo porque reflete os sistemas de mensagens usados ​​em iPhones. Basta digitar sua mensagem e enviá-la com um botão”.

17/07/2017
http://newatlas.com/us-navy-signal-lamps-fltc-texting/50523/

 

 

GPCW – Um sucesso além do esperado!

O GPCW, com a sua simplicidade e determinação, tem-se vindo a revelar um projecto com sucesso, na promoção do CW e do radioamadorismo.

São disso exemplos os Cursos de CW online mas também o site que regista já alguns milhares de visitas!

O site foi visitado por OM’s dos seguintes países:

  • Portugal (maioria)
  • Brasil
  • França
  • Estados Unidos
  • Reino Unido
  • Espanha
  • Itália
  • Bélgica
  • Cuba
  • Suíça
  • Países Baixos
  • Argentina
  • México
  • Venezuela
  • Taiwan
  • Rússia
  • Irlanda
  • Colômbia
  • Austrália
  • Colômbia
  • Ucrânia
  • Zâmbia
  • Equador
  • Alemanha
  • Canadá
  • Polónia
  • Andorra
  • Suécia

A Coordenação do Grupo aproveita para agradecer toda a colaboração e os muitos sinais de estima e consideração que recebemos ao longo da nossa curta existência.

O GPCW é dos membros e o sucesso é de todos nós!

 

Associação Europeia de CW

Todos juntos somos mais fortes !

Conforme decisão da Coordenação do Grupo, o GPCW está em fase de adesão à Associação Europeia de CW (EuCW), que congrega os mais icónicos grupos de telegrafia da Europa.

Em Setembro de 2017, o GPCW terá terminado o seu processo de adesão a esta Associação, que defende e promove o CW.

O nosso interlocutor com o EuCW será o João Carlos Morgado, CT1BQH, que não necessita de apresentações.

Alguns clubes membros do EuCW:

Neste lote de clubes está ainda elencado o CTCW que não tem qualquer actividade desde há muitos anos.

Todos juntos somos mais fortes!…

Uma competição de CW diferente!!! – SCAG/EuCW Straight Key Day

Para colocar no calendário…

Há estações portuguesas com CW muito bonito, manipulado por excelentes operadores ! 🙂 🙂 🙂

Alguém alinha ?

Ver regras abaixo…

 

Introdução

O Straight Key Day (SKD) ocorre no dia de Ano Novo e em cada solstício de verão.

O próximo será em 24 de Junho próximo.

Conceito

O SKD não é um concurso. [NT – Mas tem pontuação…]

O objectivo é dar oportunidade aos radioamadores para fazer QSOs (em bom CW…) a uma velocidade conveniente a ambos os correspondentes, utilizando uma chave manual e telegrafia auditiva.

A competição resume-se a:

Contactar com o mais bonito CW alguma vez ouvido…

[NT – O que conta é a qualidade do CW, não a velocidade de transmissão!… 🙂 ]

Datas

O SKD acontece anualmente no:

  • Dia de Ano Novo;
  • Solstício de Verão, isto é, no Sábado que fica entre 20 e 26 de Junho (Swedish Midsummer Day).

Horário

0800 às 2200 UTC

Frequências

3540-3580

7020-7040

10105-10125

14050-14070

Os participantes são convidados a trabalhar preferencialmente nos 10 e nos 14 MHz para dar oportunidades a todos.

Modo

Apenas CW utilizando chave manual vertical e telegrafia auditiva.

Pontuação

Em cada QSO, no log da estação, a manipulação do correspondente deve ser graduada/pontuada entre 0 e 5, de acordo com a opinião pessoal do participante.

A pontuação final é contabilizada pelo manager do SKD da seguinte maneira:

  • Para entrar na lista das estações a concurso, cada estação deve receber, pelo menos, cinco pontuações relativas à sua manipulação.

    Logo, deve trabalhar-se mais de cinco estações…

  • A soma de todos todas as pontuações – relativas à manipulação – é divido pelo número total de pontuações recebidas (média da pontuação recebida pela manipulação).

    Logo, a pontuação máxima é 5,0!

Prémios

SKD Straight Key Award

Receberão Diplomas aqueles que enviarem os respectivos logs.

Os diplomas são enviados no final do Outono.

Placas SKD

  • A placa “Chave de ouro” (Golden Key Plaquette) será atribuída ao operador que obtiver o melhor resultado.
    • Em caso de empate, a placa será atribuída ao operador que obtiver o maior número de pontuações atribuídas.
  • A placa “Chave de prata” será atribuída ao segundo melhor resultado.
  • A placa “Chave de bronze” será atribuída ao terceiro melhor resultado.

Logs

Todos os tipos de logs são válidos desde que sejam enviados por email.

Não se aceitam logs por correio.

Os logs devem conter, além das indicações usuais, pelo menos, o seguinte:

  • O indicativo da estação que envia o log;
  • Os indicativos das estações contactadas;
  • A pontuação dada à manipulação de cada correspondente.

Os logs devem ser enviados (só email) até uma semana após o final do evento.

Pede-se que se juntem aos logs comentários, “estórias” ou experiências simpáticas sobre o evento SKD.

Os logs devem ser enviados para SKD@scag.se

Só assim será possível ao SKD manager assinalar QSL ao seu log!

O coordenador do evento (SKD Manager) do evento é o Lars, SM0OY

 

Curso CW online “Nível 2 – CW no relax…”

O Grupo Português de CW (GPCW) informa que, nas mesmas datas previstas para os cursos online de CW, de “Nível 1 – CW na lentidão”, será promovido um curso de CW de “Nível 2 – CW no relax”.

Este curso destina-se a operadores que queiram incrementar a sua velocidade acima das 12 wpm.
O objectivo é ajudar os aprendentes a comunicarem em CW a 20 wpm.

Para aceder ao curso são necessários os seguintes requisitos:

O Ensinador será um radioamador conhecido pelas suas excepcionais qualidades telegráficas, humanas e formativas que, integrado no GPCW e com o apoio de vários colegas, ajudará os colegas a superarem dificuldades e a serem melhores telegrafistas.

As inscrições ainda não se encontram abertas.

Mais informações serão dadas oportunamente!

73

Uma competição de CW diferente!!! – SCAG/EuCW Straight Key Day

Para colocar no calendário…
Há estações portuguesas com CW muito bonito, manipulado por excelentes operadores ! 🙂 🙂 🙂
Alguém alinha ?

Ver regras abaixo…

Introdução

O Straight Key Day (SKD) ocorre no dia de Ano Novo e em cada solstício de verão.

O próximo será em 24 de Junho próximo.

Conceito

O SKD não é um concurso. [NT – Mas tem pontuação…]
O objectivo é dar oportunidade aos radioamadores para fazer QSOs (em bom CW…) a uma velocidade conveniente a ambos os correspondentes, utilizando uma chave manual e telegrafia auditiva.

A competição resume-se a:
Contactar com o mais bonito CW alguma vez ouvido…

[NT – O que conta é a qualidade do CW, não a velocidade de transmissão!… 🙂 ]

Datas

O SKD acontece anualmente no:

  • Dia de Ano Novo;
  • Solstício de Verão, isto é, no Sábado que fica entre 20 e 26 de Junho (Swedish Midsummer Day).

Horário

0800 às 2200 UTC

Frequências

3540-3580
7020-7040
10105-10125
14050-14070

Os participantes são convidados a trabalhar preferencialmente nos 10 e nos 14 MHz para dar oportunidades a todos.

Modo

Apenas CW utilizando chave manual vertical e telegrafia auditiva.

Pontuação

Em cada QSO, no log da estação, a manipulação do correspondente deve ser graduada/pontuada entre 0 e 5, de acordo com a opinião pessoal do participante.

A pontuação final é contabilizada pelo manager do SKD da seguinte maneira:

  • Para entrar na lista das estações a concurso, cada estação deve receber, pelo menos, cinco pontuações relativas à sua manipulação.
    Logo, deve trabalhar-se mais de cinco estações…
  • A soma de todos todas as pontuações – relativas à manipulação – é divido pelo número total de pontuações recebidas (média da pontuação recebida pela manipulação).
    Logo, a pontuação máxima é 5,0!

Prémios

SKD Straight Key Award

Receberão Diplomas aqueles que enviarem os respectivos logs.
Os diplomas são enviados no final do Outono.

Placas SKD

  • A placa “Chave de ouro” (Golden Key Plaquette) será atribuída ao operador que obtiver o melhor resultado.
    • Em caso de empate, a placa será atribuída ao operador que obtiver o maior número de pontuações atribuídas.
  • A placa “Chave de prata” será atribuída ao segundo melhor resultado.
  • A placa “Chave de bronze” será atribuída ao terceiro melhor resultado.

Logs

Todos os tipos de logs são válidos desde que sejam enviados por email.
Não se aceitam logs por correio.

Os logs devem conter, além das indicações usuais, pelo menos, o seguinte:

  • O indicativo da estação que envia o log;
  • Os indicativos das estações contactadas;
  • A pontuação dada à manipulação de cada correspondente.

Os logs devem ser enviados (só email) até uma semana após o final do evento.

Pede-se que se juntem aos logs comentários, “estórias” ou experiências simpáticas sobre o evento SKD.

Os logs devem ser enviados para SKD@scag.se
Só assim será possível ao SKD manager assinalar QSL ao seu log!

O coordenador do evento (SKD Manager) do evento é o Lars, SM0OY

 

Para participar: Semana QRS da EUCW – 24 a 28 ABR 2017

Desde 2001 que existe a semana QRS. Primeiro organizado pelo FISTS e desde 2012 pelo AGCW.

Pretende-se, com este concurso que é uma festa, ajudar novos colegas na utilização de CW!

A actividade decorre entre as 00h00 UTC de 24ABR às 23h59 UTC de 28ABR.

O limite de velocidade de transmissão são 14 palavras por minuto (70 cpm).

A chamada deve ser “CQ QRS”, em ± 10 KHz das frequências centrais das bandas – segmento CW – incluindo as WARC.

Só é admitido o morse auditivo manual, não sendo, por isso, permitida a utilização de máquinas/PCs.

Pode ser usado qualquer tipo de chave ou keyer, desde que as memórias sejam utilizadas apenas para a chamada.

A duração mínima do QSO deve ser de cinco (5) minutos e deve ser passado o RST real e não os tradicionais 5NN dos concursos.

Sugere-se a troca de nome, QTH, condições de trabalho (rig, pwr, ant, etc).

Existem 3 classes a concurso:

A – Mais de 10 W input ou 5 W potência de saída
B – QRP (10 W input ou menos de 5 W de potência de saída)
C – Rádio-escutas.

Os logs, em ADIF, devem ser enviados para qrs@eucw.org

Participe!

Mais informação no site do EUCW

Inscrições completas para os cursos de 2017 !

As inscrições para os Cursos CW online, Nível 1 – “CW na lentidão”, para o ano de 2017, estão completas porque todas as vagas foram preenchidas.

Os candidatos poderão continuar a inscrever-se em  https://gpcw.blog/cursos-de-cw/cw-na-lentidao-nivel-1/ tendo em vista ficar em reserva, no caso de alguma desistência, ou ficar já inscrito para os cursos de 2018.

Lembramos que a entrada nos cursos se dá por ordem de entrada das respectivas inscrições.

Entretanto, os 2 cursos actualmente em funcionamento continuam a bom ritmo. 🙂

Os colegas envolvidos podem começar a vislumbrar no horizonte os primeiros QSOs em CW! 🙂 🙂 🙂

Não podemos deixar de lamentar a ausência forçada do colega Luis Valadas, CT1DTE, por doença. Desejamos as rápidas melhoras!