Morse ou CW!

Saber morse (CW) é uma coisa pessoal, tal como tocar um instrumento ou conseguir efectuar uma manobra atlética.

Muitas pessoas gostam de estudar o CW como se estuda uma língua estrangeira, com os mesmos períodos de avanço repentino separados por necessários períodos de repetição.

Ser um operador de CW é uma sensação de superação que nunca se esquece!

A parte mais importante para aprender o código Morse é apenas insistir (prática).
Existirão dias em que a conquista de novas letras e velocidades mais altas parecem vir sem esforço. Existirão dias em que o progresso parece difícil.

Em qualquer caso, o mais importante é continuar, porque o cérebro está a estabelecer novas relações nos sons que escuta.

À medida que mais se perceciona o código, mais importante é “utilizá-lo” na vida quotidiana.
Por exemplo, ao conduzir para o trabalho pode assobiar ou fazer mentalmente o CW correspondente a matrículas, placas de informação ou publicidade.

Assim como se vai praticando línguas estrangeiras nos itens que usamos, deve usar-se o código, repetidamente, para torná-lo familiar.

Em breve, notar-se-á que é possível “copiar” facilmente “trechos” de cw que pareciam impossíveis alguns dias antes.
Caracteres que pareciam irremediavelmente confusos tornar-se-ão tão naturais como a nossa fala.

O cw está ao seu alcance de quem estiver disposto a tentar!

Traduzido de Hamradio for dummies, pag 68 e seguintes

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s